programação /workshops

Oficina de Serigrafia “drapear”

Estão abertas as inscrições para a oficina de técnica e prática de serigrafia no CAAA, em Guimarães.

A oficina está aberta ao público em geral com mais de 18 anos, com ou sem conhecimento prático em serigrafia. As sessões decorrem aos sábados, entre as 14h30 e as 19h00, de 30 de outubro a 11 de dezembro de 2021.

Nesta oficina propõe-se repensar a ideia de bandeira na possibilidade de praticar elementos como a forma, a cor, a textura, a abstração, o delírio, a crítica, entre outras possibilidades, em suportes como o papel ou o tecido. O tema é meramente condutor para iniciar a oficina e ativar ideias e mecanismos sobre o modo de fazer em serigrafia. Por isso, imagina-se o uso e as funções da bandeira como grafismo possível também do imaginário.

Os trabalhos resultantes da oficina serão mostrados em contexto expositivo.

  

Preços oficina:

20 euros – público geral / 10 euros –  estudantes e sócios do CAAA.

 

Informações e inscrições:

Enviar e-mail para geral@centroaaa.org com o assunto oficina de serigrafia.

Inscrições até dia 28 de Outubro.

 

Horário e datas:

Sábados (14h30 – 19h00), de 30 de outubro a 11 de dezembro de 2021.

 

Local:

CAAA Centro para Assuntos de Arte e Arquitetura

Rua Padre Augusto Borges de Sá, 4810-523 Guimarães

 

Monitor: 

Max Fernandes

Max Fernandes Oliveira (Guimarães-PT, 1979) tem desenvolvido a investigação e prática artísticas na relação entre arte, escrita, sociedade, política e ecologia; da atividade recente referem-se as exposições Figuras no pensamento visual crítico – parte II, Museu Alberto Sampaio – Guimarães Project Room (2021); Redor, residência – Laboratórios de Verão, GNRation, Braga (2021); Contemplating Trees From Inside Academy, (c/ Filipa Araújo), CAAA, Guimarães (2021); Poético ou Político, painéis urbanos para informação das ruas do Porto, org. João Baeta para Saco Azul, Porto (2020); Estação Encontro, Sociedade Martins Sarmento, Guimarães (2019); Caves dos sonhos esquecidos – Lacuna, Porto (2019); e Trabalho Capital, Centro de Arte Oliva, em S. João da Madeira (2019).